|| Home Staging: Antes e Depois
Blog

Home Staging: Antes e Depois

Home Staging: Antes e Depois

A competição no mercado imobiliário nunca foi tão acirrada e estar à frente da concorrência é um desafio crucial para a venda de um imóvel, afinal muitos imóveis estão à disposição de venda no mercado há vários meses e até anos.

Recorrer ao Home Staging nestes tempos difíceis tem sido uma prática cada vez mais recorrente.  Estas técnicas fazem toda a diferença sobre o antes e depois do imóvel. Confira abaixo com Home Staging pode trazer estas transformações.

A mobília faz diferença

Organizar a mobília em um novo espaço é sempre um item que traz um pouco de confusão aos compradores, principalmente em imóveis desocupados. Eles podem ficar sem uma referência de espaço para organização dos móveis ou pensar que os espaços não são grandes o suficiente. Daí surgem outras deduções, como um ambiente com fluxo de passagem ruim ou um cômodo que ficará mais apertado.

O Home Staging acaba com todas essas preocupações ao encenar os ambientes com a organização correta dos móveis. A perda de espaço é muito habitual com uma mobília volumosa, porém o intuito do Home Staging é criar um ambiente tão agradável que o potencial comprador não se preocupará com as mudanças de projeto ou reorganização com a sua mobília. Aliás, terá uma ideia de como fazer essas adequações de forma mais despreocupada.

Cores neutras para um aspecto limpo e fresco

Numa casa ocupada, o indicado é que decoração personalizada seja retirada por não causar uma boa impressão aos potenciais compradores, afinal eles querem um imóvel com o qual possam se identificar.

E se a decoração não agradar certamente afetará a percepção e a tomada de decisão. Para que este tipo de problema não ocorra, o ideal é neutralizar a decoração o máximo possível e isso pode ser conseguido utilizando cores neutras e sutis.

Utilizando estas cores, o imóvel terá uma imagem clean e fresca como uma tela em branco, muito propícia para que os compradores possam ter uma melhor visualização de como personalizar o local à sua maneira.

Para cada espaço uma finalidade clara

O Home Staging leva em consideração as finalidades de cada ambiente para que não induza o potencial comprador à confusão. Uma sala de estar deve ser um sala de estar e não se misturar com um escritório, por exemplo.

Organizar estes espaços de acordo com a finalidade de cada ambiente cria uma ideia de organização e de propósito definido. O mesmo se aplica a ambientes vazios, que ficam sem propósito algum. É preciso que o espaço seja preenchido e ao mesmo tempo dê a exata ideia de sua funcionalidade.

Uso inteligente dos espaços extras

Espaços flexíveis ou salas extras que estão inutilizados em um imóvel devem ser aproveitados a fim de mostrar aos potenciais compradores possibilidades adicionais. Simplesmente deixar estes espaços vazios não causará uma boa impressão.

Estes espaços podem ser pensados de acordo com o perfil do imóvel e do perfil dos potenciais compradores. Imóveis grandes, com muitos cômodos geralmente são para famílias grandes, ao passo que um loft menor pode ser para um casal ou pessoas que moram sozinhas.

Obviamente o Staging leva em consideração estas características para tornar estes ambientes em locais aconchegantes e com propósito definido.

Pequenos detalhes fazem a diferença

Mexer com a decoração do ambiente é mexer com o estado psicológico de quem entra num imóvel à venda pensado com o Home Staging. Detalhes como flores, arranjos, um manto num sofá, uma bandeja com copos de vinho e uma garrafa na cama podem inspirar compradores com um ambiente relaxante e agradável a se enxergarem naquela cena, em sua nova casa.

Entre em contato